Home

From the blog

Em breve coloco os vídeos!

2 Comments Sem categoria

Márcio,
uma das grandes desvantagens da pressa é o tempo que ela nos faz perder.
A pressa na arte resulta uma obra sem arte.
Desacelera, põe o pé no freio. Desacelera, inventa outro movimento.
Para, e me diga:
Diga-me como viver um sonho; Ensina-me que eu quero dançar.
Diga-me como virar o mundo, Ensina-me que eu quero girar.
Diga-me o que interessa; Ensina-me que eu quero alcançar.
Se o branco da pureza
É a cor da inocência
É o nada, é o tudo
É a paz que ela nos dá.
E assim, no alto do palco, com este simples olhar
Seus olhos refletem o mundo, seus braços envolvem o mundo com o violão e o sussuro ao cantar
Eu no meio deste mundo perdida, envolvo-me em sua voz acreditando qua as coisas acontecem por alguma razão.
A cada começo uma canção.
Pergunto-me, que mais eu preciso para seguir a vida em paz?
Bom dia,como vai você?
Apressa-te devagar a cantar “Desacelera”.
Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

2 comments

  1. Fico feliz que haja no cenário nacional artístas como você Márcio! Que contribui em nossa cultura com músicas boas de verdade!

    Parabéns! E muito sucesso!

  2. Parabéns, gostei muito do seu trabalho! E amei a letra da música! Que Deus te elumine e você venha brilhar cada vez mais… Sucesso!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Tags: , ,